AÇÃO
AÇÃO SOCIAL

08/03/2018 16h23

BOS se torna primeira unidade de saúde da região

Sistema de energia solar irá gerar economia superior a R$ 50 mil por ano


Foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (7) a usina de energia solar do Instituto BOS (Banco de Olhos de Sorocaba). Com isso, a unidade de saúde passa a ser única da região a gerar energia elétrica capaz de suprir toda sua necessidade e se torna pioneira no país no mesmo quesito. O Instituto é formado pela Clínica Popular, pela diretoria do BOS e pela área de ensino médico. Com a instalação da usina fotovoltaica, a economia de energia elétrica ultrapassa os R$ 50 mil por ano.

De acordo com o superintendente da unidade de saúde, Edil de Souza, a economia será revertida em melhorias para a população. “Os recursos serão revertidos para melhoria do atendimento, ampliações, além da atualização de tecnologia”, explica. A partir deste mês, a Clínica Popular - que foi inaugurada em outubro de 2017 - passará a atender entre 500 e 700 pessoas todos os dias. Ela é a porta de entrada para que a população tenha acesso a atendimentos mais complexos, incluindo cirurgias.

Energia solar

A usina fotovoltaica, que gera energia elétrica a partir da energia solar, foi ligada hoje. Segundo Luiz Cláudio Rosa, da empresa Viridian que fez a instalação do sistema, a capacidade é de gerar 80.000 kWh por ano de energia limpa. “É suficiente para neutralizar os gastos atuais de energia do novo prédio do BOS, sendo que o projeto previu a instalação de circuitos independentes por conta de áreas de sombra, que variam ao longo das estações do ano”, explica, ressaltando que, desta forma a produtividade será maior, com economia mensal de R$ 4,3 mil.

“Outra vantagem importante é que o BOS passa a ficar imune aos aumentos nas tarifas de energia elétrica, que ocorrem periodicamente”, ressalta Paulo Cesar Costa, engenheiro da Viridian.

BOS

O Banco de Olhos de Sorocaba é uma instituição sem fins lucrativos que desde 1979 realiza atendimentos e procedimentos oftalmológicos para Sorocaba e região. O BOS é referência nacional e internacional em oftalmologia. “A preocupação com as questões ambientais e sustentáveis faz parte do BOS, por isso decidimos pensar no futuro e buscar a instalação da usina de energia solar, é mais um passo com esse compromisso”, destaca o superintendente.

Com projeto recém aprovado pela CPFL, a unidade de saúde passará a integrar a lista da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que monitora as unidades geradoras de energia. O BOS será então um dos pioneiros no Brasil na área de saúde a contar com geração própria para toda sua necessidade de energia.

A Viridian
Há 12 anos em Sorocaba, a Viridian atua na criação e execução de projetos para o fornecimento de energia solar fotovoltaica para casas, prédios e empresas. Pioneira na região, a empresa leva soluções sustentáveis e ecologicamente corretas para produção e gestão de energia limpa.

Fotos: Rafael Benitez/MaktubComunicação